17 de jul de 2013

Visto americano

O post é grande, então quem quiser da um Ctrl+f e busca o que precisa direto que vai achar!
Oláá! Hoje vou falar sobre a burocracia do visto e os devidos cuidados. Para quem não sabe é preciso tirar visto para ir para os Estados Unidos assim como em alguns outros países, tanto para turismo (b2) quanto para estudo (f1 ou f2). No caso dos USA o visto é tirado no Consulado Americano, diferente do Canadá que a solicitação é feita pela internet, você tem que procurar pelo Consulado mais próximo para o agendamento. Caso não tenha nenhum no seu estado, eu aconselho a você a procurar uma empresa especializada em agendamentos de vistos e ele vão te explicar tudo certinho e inclusive preparar e organizar os mil e um documentos que tem que levar, ainda mais no caso de intercâmbio. Se sentir confiança pode você mesmo fazer o agendamento pelo site do consulado. 

Se você ainda não tem nem passaporte corra logo e vá fazer o seu, porque tanto o visto quanto o passaporte são coisas demoradas e que nem sempre consegue agendamento para uma data próxima. Para o agendamento você vai preencher um formulário com seus dados e coisas de sua vida como viajante: quantas vezes já foi para os USA, quais foram os outros países que você visitou, e assim vai (não vou falar muito sobre ele aqui por que é muito fácil mesmo). Se você tiver contratado uma empresa para fazer o agendamento fica mais fácil ainda, porque tem foto para mandar também. Quando você conseguir agendar o visto, tem uma taxa a ser paga de U$160,00. Até aqui os passos foram os mesmos para qualquer um dos vistos que eu falei. Para quem é intercambista tem mais taxas a serem pagas como a do SEVIS que é U$200,00 e mais alguns documentos que só intercambista precisa. 

O I-20 (meu caso) é o documento que a escola manda dizendo que você vai ficar lá e que ela te aceitou e tal. Esse documento pode vim com outro nome, acho que I-19, mas eu não sei o que leva uma pessoa a ter um e não o outro, mas ambos são disso da escola. Você vai precisar do original desse documento para levar para o Consulado, como é da escola, os papéis vão vim dos USA até o Brasil, mas isso sua empresa de intercâmbio que resolve. Depois de tudo isso você já vai ter seu agendamento completo, basta ir lá.
Como eu disse, não são todos os estados que tem o Consulado para visto, então eu precisei viajar para isso, eu fui para Recife com um responsável (minha mãe). O responsável é pelo fato de ser menor de idade mesmo, mas pode ser tanto mãe quanto pai ou os dois se preferir. Para o visto você tem que ir em dois lugares, primeiro no CASV e depois no Consulado. Não sei se é possível fazer o agendamento dos dois para o mesmo dia, então eu fui no dia 14 no CASV e 15 no Consulado. Sim, 14 domingo, e estava cheio de gente lá!

O CASV é onde vão checar se você pagou as taxas, tirar sua foto e recolher suas digitais. Entram os grupos de 30 em 30 minutos e a ordem de chegada só importa para quem for do mesmo horário que você, ou seja: se você chegar 14h e seu horário for 15h, qualquer pessoa de 14h e 14:30h vai passar na sua frente, mas para os de 15 segue a ordem mesmo. Lá pode celular, é só desligar, e a mulher só pede para olhar dentro da sua bolsa e passa o detector de metal em você, porque não pode nada perfuro cortante. Ai é bem tranquilo, não tem nada de interessante lá dentro.
No Consulado é um pouco mais complicado, lá que você vai saber se seu visto foi aprovado ou não e vão te fazer perguntas. A fila é quase a mesma coisa da fila do CASV, mas lá são divididas por horário, então se você chegar cedo você será uma das primeiras do seu horário a entrar. Eles aconselham chagar 15 minutos antes, para dar tempo deles checarem se está tudo ok com seu papel do CASV na fila e você não fica muito tempo lá fora no sol. Para entrar você passa pelo detector e seus pertences pelo raio-x, igual ao de aeroporto mesmo. No caso do Consulado, recentemente eles determinaram que eletrônico não entra! 
Pen drive, celular, máquina... não entra! Antes eles até tinham onde guardar para você, mas agora não, então evitem levar mesmo. Se precisar muito levar, provavelmente vai ter um guarda volume ao lado (em Recife tinha). Mas isso é uma coisa "nova", porque antes eles guardavam, então quando seus pais ou sua tia disser que pode é porque antes era assim. Depois de entrar você pega uma fila bem rápida só para entregar seu passaporte e o papel que conferiram lá fora. Quando você fizer isso eles vão te dar um número em troca e você fica numas cadeiras esperando seu número ser chamado.

A moça veio e falou: "Os números não vão ser chamados em ordem, e sim na ordem que os passaportes forem devolvidos depois de analisados." E isso é bem verdade mesmo, não tem ordem, gente que entrou bem depois de mim foi chamada antes e eu fui chamada antes de gente que já estava lá também. Então mais uma vez chegar cedo não adianta. Quando você é chamado você vai para a fila da entrevista (último passo, ufa), na sua vez você vai para uma janela de vidro para ser entrevistada. Uma coisa que eu não sabia é que os entrevistadores são americanos!
Então eles vão começar falando em inglês, caso você não saiba inglês ele fala em português, mesmo que não tão bem. Ele vai perguntar basicamente qual é o seu programa (high school), qual foi sua última vez no país, se você já tem host family e quem vai pagar seu programa. No meu caso eu disse que meus pais JÁ tinham pago, aí ele pediu para ver o papel que confirma esse pagamento, acredito que se ainda não tivesse pago ele pediria para ver os documentos dos meus pais que comprovam a capacidade financeira deles. Depois disso ele perguntou para meu responsável qual era o trabalho dele e a quanto tempo, acho que quanto mais tempo melhor. Enfim a entrevista acabou e ele disse que foi aceito e me desejou boa sorte. Quando o visto é negado eles devolvem o passaporte para você na mesma hora, quando aceito você ou pega alguns dias depois no CASV ou recebe em casa no prazo 15 dias úteis.
O post ficou bem grande mas também explica passo a passo! As dicas finais que eu tenho são:

  • Se tiver com risco de chuva, leve guarda-chuva! Pois a maior parte do tempo de espera é a céu aberto.
  • Organize tudo em duas pastas de possível! Uma com as coisas da viagem e a outra com comprovantes e informações pessoais, assim é mais rápido para achar os papéis quando solicitado.
  • Converse com as pessoas da fila! Sempre tem alguém que vai fazer ou já fez intercâmbio, sem falar que ajuda a passar o tempo.
Então foi isso! Boa sorte a quem vai tirar ainda e calma que quanto mais nervoso(a) você estiver pior! Então relaxe e pede para pegar um "entrevistador" bonzinho! hahaha  Bzus

Atualizando: Os papéis que eles pediram na primeira parte do consulado ficou junto com meu passaporte todo o tempo, ou seja, só teria eles novamente quando recebesse meu passaporte. Ao me desejar boa viajem, o entrevistados também disse que era bom eu estar com estes documentos na hora de embarcar, já que são eles que comprovam minha aceitação. Hoje (10 dias depois) eu recebi meu passaporte aqui na minha casa com o visto nele e os documentos também dentro do envelope!

2 comentários:

  1. O nome do outro documento é DS-2019! Sua entrevista parece ter sido tranquila! A minha levou um tempão, o cara era super chato e pedia uns documentos que não existiam! (não porque eu não levei, mas porque realmente não existiam haha) Mas no fim deu td certo... E olha, sei de gente que teve o visto negado por causa do inglês :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade eu acho que é esse o nome mesmo! hahah tipo, o meu tem escrito DS-2019, mas as pessoas se fereriam a ele como I-20! acho que seria I-20 ou I-19 e no geral DS-2019, não sei... Eu acho que isso da entrevista é muito relativo mesmo, mas eu percebi que eles julgam as pessoas sim. Então nem sempre foi por conta do inglês em si, pois se alguem for péssimo no ingles mas eles acharem que tem condições de pagar o programa e arar com qualquer dispesa extra que possa vir a ocorrer, não querer morar lá depois e tal, eles aprovam sim! Mas sem dúvidas tem a sorte com o entrevistador sim!

      Excluir